Por Dentro da Bricsys: o Desenvolvimento do BricsCAD Shape

Entenda como foi o desenvolvimento do mais novo software Bricsys, o BricsCAD Shape.

Cadastrado em 02/03/2018 16:24
Atualizado em 02/03/2018 16:37

Notícia por Portal Graphics

Por Dentro da Bricsys: o Desenvolvimento do BricsCAD Shape

foto: à esquerda Jan Jolly e a segunda pessoa é o Tijs Vermeulen.

Texto de Don Strimbu

Bem-vindo a outra artigo da série "Por Dentro da Bricsys". Desta vez, conversaremos com Jan Jolly, desenvolvedor da Bricsys e atualmente Gerente de Desenvolvimento do BricsCAD Shape.

Olá Jan! Quais são suas responsabilidades na equipe de desenvolvimento BricsCAD Shape?

Antes de trabalhar no Shape, fiz parte da equipe do BricsCAD, trabalhando na equipe do Mac OSX e Linux. Quando me pediram para gerenciar o desenvolvimento do Shape, e meu trabalho mudou consideravelmente. É definitivamente mais um papel de coordenação, comunicação e análise.

Minha principal tarefa foi identificar as áreas críticas para levar rapidamente o produto ao mercado. Uma vez que tivemos um plano, coloquei meu foco em criar, priorizar e atribuir tarefas às pessoas certas para que isso acontecesse. Ter a confiança na capacidade da equipe foi a parte mais fácil!

Uma das tarefas-chave era manter um olhar atento sobre a identidade do produto. Tivemos que nos concentrar em nossos objetivos para o Shape e permitir que essas coisas refletissem em nossas decisões de design. Então, sobre o meu trabalho principal na equipe de desenvolvimento Shape? Gerenciar as comunicações e manter a equipe focada no que foi projetado para o Shape.

Jan Jolly, como é o seu dia?

É difícil descrever um dia típico. Trabalhamos em fases. Inicialmente, há muito trabalho de análise e criação de tarefas. Uma vez que a equipe começou o desenvolvimento, eu comecei a reunir informações necessárias para fornecer feedback à equipe sobre como o trabalho geral estava andando. A equipe fez um excelente trabalho para converter as propostas de design em elementos reais para Interação de Usuário, que correspondem às especificações de design originais.

Agora que o produto foi lançado, adicionamos solicitações de suporte ao nosso fluxo de trabalho diário. Estamos nos concentrando em preparar as versões para Masc OSX e Linux também. Mas, nosso trabalho chave agora é a cada dia estar fazendo correções de bugs e projetando o próximo conjunto de recursos do Shape.

Você pode nos contar um pouco mais sobre o processo geral de desenvolvimento do Shape?

Claro. Podemos dizer que havia duas partes grandes no projeto, já que o Shape provém do fluxo de código do BricsCAD. A primeira parte foi determinar o conjunto de características gerais, o que manter e o que excluir. No início do projeto, houve muita ênfase nisso, mas assim que esta fase foi completada e já passamos a outra.

A segunda parte foi criar os recursos de Interação com o Usuário do Shape a partir das propostas de design. Nós nos concentramos em tomar decisões que permitiriam que novos usuários se sintam em casa com o produto o mais rápido possível. Isso é algo em que continuaremos a nos concentrar à medida que o produto vai amadurecendo.

Assim construíamos um novo protótipo a cada duas semanas, de modo que todas as partes envolvidas poderiam ser testadas no produto. Os ciclos de feedback foram cruciais para permitir que fossem feitos ajustes contínuos do curso, e afinal chegar ao que o Shape se tornou. Às vezes, ajustamos o design com base nos comentários e as necessidades dos desenvolvedores, outras vezes, ao testarmos, descobrimos que não funcionava como esperávamos, e precisávamos refazer.

No final, a implementação exigiu um ajuste fino, mas de ponta a ponta, foi um grande trabalho de equipe. Estou confiante de que posso falar pela equipe de que realmente gostamos muito de trabalhar no projeto de desenvolvimento do Shape. Todos tiveram a chance de ser criativos com o produto.

Como a base de BricsCAD no Shape influencia o produto e sua interface de usuário? Você teve que superar grandes obstáculos?

Tivemos alguns problemas durante a evolução do projeto, mas acabamos por resolver todos de modo satisfatório. Todos os agradecimentos precisam ser direcionados às pessoas superinteligentes que trabalham aqui na Bricsys. Ser capaz de iniciar o desenvolvimento de Shape com um fluxo de código tão sólido como o do BricsCAD ofereceu muitas possibilidades. Remover funcionalidades é sempre algo arriscado, e até por isso permanecemos vigilantes para manter o produto em pleno funcionamento.

Um dos principais objetivos do Shape é demonstrar o poder da modelagem direta para novos usuários de modelagem 3D. O segundo, é claro, é acelerar a fase de projeto conceitual e o fluxo de trabalho BIM, que pode ser traduzido como Modelagem de Informações de Construção. Devido a isso, tivemos algumas restrições no desenvolvimento, mas ficou tudo bem. Fomos capazes de experimentar novos componentes de Interação com o Usuário e foi uma experiência libertadora. O desenvolvimento do Shape é um excelente campo de jogos para experimentar inovações.

Por último, o objetivo é permitir que essas melhorias fluam de volta ao BricsCAD. Estamos comprometidos com o padrão de arquivo .dwg e com o poder da modelagem sólida. Eu realmente fiquei lisongeado por ter tido essa oportunidade. Espero que todos experimentem o BricsCAD Shape, e que possam nos dizer como torná-lo melhor no futuro.

Pare de esboçar. Comece a dar forma real.

Baixe BricsCAD Shape hoje! É totalmente gratuito. Se você gosta disso, diga aos seus colegas para baixá-lo também. Estamos orgulhosos dos materiais de aprendizagem limpos e simples para o produto - confira "30 minutos para Shape".


Tags da postagem

BricsCAD #Brasil Conhecimentos Técnicos BricsCAD Shape

Comentários

Para comentar, acesse com seu Passaporte Archipèlagus validado.

Acessar